Class: RouteDef

@nginstack/engine/lib/router/RouteDef~ RouteDef


new RouteDef()

Definição de uma rota na API de roteamento HTTP do Engine. Uma rota associa um caminho ao método de um controlador que será responsável por processar a requisição.

Members


action :string

Indica qual método do controlador deve ser executada e com quais parâmetros ele deve ser chamado. Os parâmetros solicitados serão extraídos do #path definido na rota. Para isso, deve ser utilizada a sintaxe ':NAME' para indicar quais partes de path devem ser interpretadas como parâmetros a serem passados para o controlador.
Caso o controlador necessite dados da requisição que não estejam apenas no path, ele poderá utilizar o parâmetro request, que será atribuído com uma instância de Request com todos os dados da requisição.

Type:
  • string
Example
// Exemplo de uma definição literal em um arquivo de rotas:
{method: 'POST', path: '/api/operacoes/requisicao/:id/movdepos', action: 'criar(request, id)'}

allowedOrigins :Array.<string>

Determina quais domínios podem acessar esta rota. Por padrão, qualquer domínio poderá acessar. Esta propriedade é validada apenas por clientes HTTP que respeitam o protocolo CORS. Mais detalhes em https://developer.mozilla.org/en-US/docs/Web/HTTP/Access_control_CORS.

Type:
  • Array.<string>
Default Value:
  • ['*']

controller :string|number

Chave ou caminho do módulo que define o construtor do controlador que executará a ação indicada na rota. Caminhos na UFS devem ter o prefixo 'ufs:' e os da VFS o 'vfs:'. O arquivo indicado deve ter a estrutura de um módulo CommonJS. O construtor do controlador deve ser retornado por meio da propriedade module.exports.

Type:
  • string | number

debug :boolean

Indica que o Engine deve adicionar no log do sistema informações de depuração sobre a execução do rota, como o trace das requisições e respostas geradas.

Type:
  • boolean

method :Method|Array.<Method>

Indica qual método da requisição HTTP esta rota trata. Poderá ser: 'GET', 'POST', 'PUT', 'PATCH', 'DELETE' e 'OPTIONS'.

Type:
  • Method | Array.<Method>

path :string

Caminho que será associado a ação indicada nesta rota. Dentro do caminho podem ser indicadas partes que devem ser interpretados como parâmetros a serem passados para a ação do controlador. Para isso, deverá ser utilizada as seguintes sintaxes:

  • :param_name: Extrai o parâmetro até localizar o próximo separador '/' dentro de path. Exemplo: a rota com path /api/classes/:id/def interceptará uma requisição para "/api/classes/123456/def" e irá extrair o parâmetro id com o valor '123456'. Todos os parâmetros extraídos por essa sintaxe são do tipo string.
  • :param_name<type>: extrai o parâmetro de forma similar a sintaxe anterior, mas o converte para o tipo informado. Se o tipo não puder ser convertido, será retornado um erro. Atualmente são suportados apenas os tipos number, date, string e boolean. Datas deverão ser informadas no formato ISO 8601 e booleanos aceitarão true e 1 como verdadeiro e false e 0 como falso.
  • *param_name: extrai o restante de path e armazena o valor extraído em param_name. O nome do parâmetro pode ser suprimido, informando apenas *, quando deseja-se criar uma rota para o caminho informado e todos os subcaminhos dele. Exemplo: a rota com path '/api/files/*path' interceptará uma requisição para /api/files/parent/file.js e irá extrair o parâmetro path com o valor parent/file.js.
Type:
  • string

realm :string|number

Indica o nome ou a chave da configuração do Realm HTTP que deve ser utilizado no atendimento desta rota. As configurações dos realms estão disponíveis em /Configuração/Realms.

Um Realm HTTP define um isolamento dos ambientes JavaScript e sessões de usuário. Um controlador em um determinado realm não compartilhará o ambiente JavaScript de um outro controlador definido em outro realm.

Defina um realm diferente do padrão quando observar que os recursos e scripts utilizados por um controlador serão muito diferentes do padrão de uso dos demais controladores ou quando for necessário um controle diferenciado do tempo de vida do ambiente JavaScript ou do tipo de ambiente (stateful ou stateless).

Type:
  • string | number

requiresAuth :boolean

Determina se esta rota exige que o requisitante informe um usuário do sistema no cabeçalho Authorization, podendo ser informado um bearer token (OAuth2) ou o usuário e senha seguindo o formato de autorização básica do HTTP.
Caso a autenticação seja solicitada, o objeto session estará autenticado com o usuário indicado no token durante a execução do método do controlador.

Type:
  • boolean
See:
  • RouteSetDef#requiresAuth

Methods


<static> isLike(obj)

Determina se o objeto informado tem uma estrutura similar a um RouteDef.

Parameters:
Name Type Description
obj Object

Objeto a ser verificado.

Returns:

Retorna true se o objeto tiver uma estrutura semelhante e puder ser processado como definição de rota.

Type
boolean