Instalação do Engine

O Engine pode operar de duas formas: servidor de aplicação, onde o Engine se conecta ao SGBD da base, e servidor de borda, onde o Engine se conecta a outro Engine servidor de aplicação.

Instalando o Engine Servidor de Aplicação

Para conectar o Engine ao SGBD, é necessário instalar a biblioteca client de conexão com o banco, fornecida pelo fabricante do banco, exceto para o PostgreSQL, onde a biblioteca já está incluída na instalação do Engine. O procedimento é simples:

  • Faça o download do pacote de instalação e o descompacte numa pasta vazia, por exemplo, C:\Engine. A versão do Engine a ser usada dependerá da versão do sistema presente na base de dados.
  • Crie um atalho para o executável. Nas propriedades do atalho acrescente o parâmetro -s no campo Destino, por exemplo, C:\Engine\Engine64.exe -s.
  • Execute o Engine através do novo atalho. Na sua primeira execução, uma série de arquivos novos serão criados, necessários para sua operação.
  • Na barra de tarefas do Windows, na área de notificações, será exibido um pequeno ícone do Engine. Clique no ícone com o botão direito do mouse, e selecione no menu suspenso a opção /Manage. O navegador padrão irá abrir a tela de configuração do Engine. Informe todos os parâmetros de configuração do Engine.

É recomendado que os Engines usados como servidor de aplicação sejam instalados como um serviço do Windows. Após o procedimento de instalação descrito acima, abra o Prompt de Comando do Windows com permissões de administrador e entre na pasta onde o Engine foi instalado. Exemplificando, para configurar o Engine com o serviço de nome SISTEMA_ACME, execute o Engine no Prompt de Comando com os seguintes parâmetros: Engine64.exe /install -s -svc SISTEMA_ACME

É possível configurar o Engine para que utilize outras pastas diferentes da pasta de instalação para o armazenamento de dados permanentes, temporários e logs. Essa configuração pode ser feito por comando de linha, através das propriedades --appdatadir, --apptmpdir e --applogdir respectivamente, ou através das variáveis de ambiente NGIN_APP_DATA_DIR, NGIN_APP_TMP_DIR e NGIN_APP_LOG_DIR.

Instalando o Engine Servidor de Borda

O procedimento de instalação do Engine para operação como servidor de borda é feito acessando o Engine servidor de aplicação. Exemplificando, suponha que a URL do Engine servidor de aplicação seja http://10.0.0.10:8080. Acesse a página de download do Engine em http://10.0.0.10:8080/install e faça o download do executável adequado para o seu sistema operacional e o execute. A janela de instalação do Engine será exibida, sendo necessário informar os parâmetros de instalação:

  • Diretório de destino, onde será instalado o Engine, por exemplo, C:\Engine.
  • Servidor, onde deve ser informado o endereço do Engine servidor de aplicação, por exemplo, http://10.0.0.10:8080
  • Base de dados, onde deve ser informado o nome da base de dados configurada no servidor de aplicação.

Após a instalação, será criado um atalho no menu Iniciar do Windows. Clique neste atalho e aguarde a montagem do cache local. A primeira execução poderá demorar vários minutos, pois neste momento o Engine irá montar o cache de dados. Após o download completo de todos os dados do cache, a instalação será finalizada e a aplicação estará em execução.

Modificação de bibliotecas Open Source

O Engine utiliza a versão LGPL do Framework Qt, sendo assim permitido aos seus usuários o acesso ao seu código fonte, assim como a possibilidade de o modificar, se assim desejarem, e usar a versão alterada no Engine desde que sua Application Binary Interface não tenha sido alterada. Para que o Engine não substitua a versão modificada das bibliotecas pela versão distribuída na instalação, é necessário acrescentar nos parâmetros do seu atalho o argumento -nu. É importante ressaltar que o suporte padrão não dá cobertura para o uso do Engine com versões não homologadas de suas bibliotecas.